Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
postado por Hellz. em 07 janeiro 2018

"Precisava de você": Pedro Guerra para os iludidos

VAMO ENFIM COLOCAR ESSE NEGÓCIO PRA FUNCIONAR EM 2018 NÉ, BRASÉL? Vamo, inclusive, tomar vergonha na cara e trabalhar FOR REAL em prol deste blog u.u Juro solenemente que tentarei HAHAHAH 

Enfim... começando em estilo preferido, que lógico que claro que é o literário, vou aproveitar pra tirar a poeira da estante, mostrar aqui os livros enviados pelos lindos da Editora Belas Letras e pôr as resenhas em dia, porque Deus sabe como eu preciso colocar isso em dia (não só isso, como minha vida inteira, mas ok HAHAHAH Começar por um nicho já é um passo, né?).

Abram alas hoje pra mais um livro do lindíssimo, queridíssimo e maravilhoso PEDRO GUERRA. Conheçam o "Precisava de você".

LOLA TAVARES AMA O GABRIEL VEGAS

Isso é o essencial que você precisa saber. Sabe daqueles amores platônicos que a gente cultiva na rua e se apaixona fulminantemente dentro de minutos? Foi mais ou menos isso que aconteceu com a Lola. Mas o cara tinha namorada. O Gabriel era lindo, porém não disponível. 

Até que, como se o destino realmente quisesse shippar este casal, ele se torna solteiro e pronto pra dar em cima da Lola. Parecia a história sobre quando a mocinha consegue ficar com o crush e tudo é perfeito, né? Bem, não é tão maravilhoso assim.... Só que Deus me livre dar spoiler! HAHAHAH


Narrado pela própria Lola, o livro tem toda uma pegada de diário mesmo, produzido no interior do seu quarto quando ainda se está de pijama, o que torna tudo muito legal e curioso (vai dizer que você não fica mais curioso quando lê um diário proibido de alguma criatura? u.u). A Lola Tavares por si só já é uma personagem cativante, engraçada e com uma vibe daquelas pessoas que a gente gostaria de fazer amizade, sabe? ELA É MUITO LEGAL MESMO, TIPO. 

Cheio de ilustrações fofas e dignas de quem tá sofrendo por um coração partido, o livro tem uma encadernação caprichosa como todas que vi vindo da editora. A capa, inclusive, parece um papel pardo (que, depois que fizer a leitura, você vai entender que faz todo o sentido MESMO). 

Enquanto lia, pensei em como a experiência de Precisava de você foi curiosa. Tamo acostumado a ler chick lits (livros de menininha, em tradução literal) escritos por, ora, meninas. Vemos aqui um chick lit escrito por um mocinho! Adoramos desconstrução e achamos tendência! Queremos mais meninos se aventurando no gênero SIM, obrigada. 

PEDRO GUERRA, SEU SAPÃO

Nunquinha nessa vida eu vou poupar elogios ao Pedro (coisa que já foi vista nas resenhas de A Rainha está Morta e Queda Livre). Sabe porque? PORQUE ELE MERECE. Não minto quando digo que ele é um dos meus autores nacionais preferidos e que eu fico muito feliz quando leio uma obra dele. E além do mais: O Pedro é rei acessível. Responde até meus inbox. PEDRO, TE AMO MESMO E NUNCA PARE DE ESCREVER <3


Se há uma negativa sobre o livro, ela é: Porque acaba tão cedo? Ou será que a culpa é minha mesmo de tê-lo devorado tão rápido? HAHAHAH




postado por Hellz. em 25 dezembro 2017

Oito artistas mais ouvidos em 2017 por mim segundo o last.fm

CÊS TÃO LIGADOS QUE DAQUI A SEIS FUCKING DAYS JÁ VAMO TER UM ANO NOVINHO PRA FAZER MERDA TUDO DE NOVO? HAHAHAHAH

Com toda essa vibe Noite Feliz, "hoje é um novo dia de um novo tempo", me encontro nostálgica. Então porque não começar logo com esse apanhadão dos melhores dos melhores em 2017 em todos os nichos que podemos mensurar? Acho tendência, acho legal e vou fazer sim.

Com a ajuda do lindíssimo Last.Fm (que me acompanha desde 2009 e que eu sincronizo tudo que escuto com meu perfil de lá), consegui observar quais os artistas mais ouvidos durante o ano que tá quase acabando. Confesso que não houve nenhuma surpresa, que viciei em todos esses indivíduos mesmo e não consegui largar os pés deles por um boooooooom tempo. Achei até um número pequeno de faixas tocadas pra cada um considerando a intensidade dos vícios quando me pegam, mas ok HAHAHAH Mamãe perdoa os erros tá, Last.Fm? Te amo mesmo assim.

Os vencedores são:

8 - ROUGE: Depois que os cds delas entraram no Spotify, preciso dizer mais NA DA.
7 - FERGIE: Além do Double Dutchess ser um cd super legal, a Fergie realmente fez com que eu me apaixonasse por ela depois do show do Rock In Rio que foi muito foda e eu tive o prazer de ver ao vivo.
6 - THE VERONICAS: Amores australianos antigos nunca vão embora.
5 - TAYLOR SWIFT: Acho que ela conseguiu estar no quinto do lugar depois das 349439494 vezes repetidas que eu ouvi Look What You Made Me Do desde o momento do lançamento. Sério. Real oficial isso.
4 - SHAKIRA: Amores colombianos E que temos desde os 9 anos de idade também nunca vão embora.
3 - LADY GAGA: Não era amor, era cilada.
2 - KESHA: MELHOR ALBUM DO ANO, MELHOR ARTISTA DO ANO, MELHOR DAS MELHORES EM TUDO NO ANO. DÁ TODOS OS PRÊMIOS A ESSA MULHER, PELOAMORDEDEUS.
1 - SUPERCOMBO: Apesar do cd "Rogério" ter sido lançado em 2016, eu sou retardatária mesmo e só descobri em 2017. Antes tarde do que nunca, porque esse cd É FODA e eu escutei diariamente por uns três meses indo pra faculdade. SUPERCOMBO, TÃO DE PARABÉINX!


VOCÊS SABEM DIZER QUAL O ARTISTA LEVOU A MELHOR COM VOCÊS EM 2017? ME CONTEM TUDO!






postado por Hellz. em 18 dezembro 2017

Troféu decepção - ano 7


Desde 2010, rola uma premiação interna na vida da Hellz. (Tipo o Troféu Imprensa, saca? HAHAHAH). Eu e minha equipe (formada por mim mesma e todas as personalidades que me habitam, como boa geminiana) elegemos vencedores de categorias específicas, as vezes inventadas na hora de acordo com o personagem em questão.

E olia... uma categoria que vive em alta e nunca sai de moda é a tal da "Pessoa mais decepcionante do ano". Geralmente, este cargo vinha a ser preenchido por ex namoradas, ex crushes, ex peguetes e essas coisa. Esse ano, Deus olhou pra mim e falou: "Tá, cê já foi trouxa demais, menine. Toma uma vida amorosa feliz pra você!". Então, essa parte tá tudo bem, obrigada de nada. Mas tem umazamiga que tão dando umas bolas fora pra caralho, viu? TÃO BEM MERECEDORAS SIM. 

And the Oscar goes to...

Em 2017, não foi difícil escolher o vencedor, já que desde o início do ano essa candidata demonstrou SER MAIS DO QUE MERECEDORA de levar este troféu pra casa. E nos somos justos e muitos rigorosos com nossas premiações anuais, ok? Aqui não é bagunça u.u

Muitas sacanagens e faltas de consideração depois, a vencedora deste prêmio tããão cobiçado, em sua sétima edição, foi uma amiga de infância. Motivo? BOY, o que é um motivo HORRÍVEL, vamos considerar. Se eu posso fazer um discurso de agradecimento por ela, faço em nome das amigas abandonadas depois que a criatura entra em relacionamento diabético e escorrendo açúcar de um jeito NÃO LEGAL. MANAS, NÃO ABANDONEM AS OUTRAS MANAS, SÉRIO. Não é bonito, não é interessante e a gente pode ter tempo pra todo mundo que ama se organizar direitinho, fica a dica.

Mas falando de coisa boa, que não é tekpix, vamos a uma outra categoria importantíssima: Prêmio revelação do ano. E lógico que claro que ela vai pra minha namorada linda, nhu <3 (Mais uma vez, não falarei muito dela pra não fazer propaganda e vocês inventarem de competir comigo por esse partidão da porra HAHAHAH).

PARABÉNS A MIM MESMA, À MINHA EQUIPE, AOS VENCEDORES E À TODOS OS ENVOLVIDOS.













postado por Hellz. em 06 dezembro 2017

Já quero ler: Os Contos de New Locked City

Eu sei: Criei muito pouco durante o ano de 2017. Mas se tem uma coisa que eu tenho CERTEZA que cultivei, foi o gosto por leitura mais puxada pro suspense e mistério. (Sabia que eu já achei que fosse uma pessoa medrosa pra essas coisas? HAHAHA Tá vendo que nem eu mesma me conhecia nessa época, Brasél?)

O universo já caçando os paranauê dos meus gostos literários, me enviou mais uma editora parceira aqui pro blog (os lindos da Autografia!). E, recentemente, eles me apresentaram Os Contos de New Locked City do P. P. Rodd. Inclusive, me perguntando se eu queria lê-lo. MAS CARA, CES TÃO PERGUNTANDO SE MACACO QUER BANANA? HAHAHAH LÓGICO QUE QUERO LER!

Enquanto eu fico aqui esperando o migo carteiro me trazer esse pacotinho de amor, se liga na sinopse:

Para os amantes de uma boa história de mistério, suspense e casos policiais, a obra Os Contos de New Locked City, de P.P. Rodd, é a pedida perfeita. No livro, um amigo em comum de diversos personagens comete suicídio logo no início da trama, mas uma série de fatos estranhos faz um solitário detetive iniciar uma investigação, desconfiado dos reais motivos dessa morte.  

Para ele, o rapaz não tinha motivos para se matar, já que estava no ápice de sua carreira. Além disso, durante o funeral, sentia que todos os “amigos” presentes, a elite da cidade, não estavam tão tristes assim com aquela partida. Insatisfeito com o laudo do óbito – que, para ele, estava inconclusivo –, o detetive vai em busca de evidências que apontem para o assassino, recebendo também a ajuda de uma curiosa legista.

A história é contada através de diários, gravações, anotações e rascunhos, do ponto de vista das personagens, alternando entre a trama principal e a trama paralela – nesta, os personagens secundários, que geralmente são os suspeitos, revelam segredos do passado, em que se arrependem profundamente, fazendo o leitor suspeitar de qualquer um. Além disso, cada capítulo se inicia com uma ilustração, contendo uma pista do que ele vai encontrar pela frente.

Os Contos de New Locked City é um livro de tirar o fôlego, recheado de elementos que permeiam a cultura pop (corridas clandestinas, conflitos da máfia italiana e uma cidade fictícia baseada em Nova York). A obra leva o leitor a toda uma sombria atmosfera de suspense, transportando-o a uma verdadeira investigação policial.


Fiquem no aguardo. Vai ter resenha SIIIM! <3




postado por Hellz. em 26 novembro 2017

"eu posso ser a solução dos seus problemas": yamasterol branquinho (02/04)

OI GALERE!

Eu sei, eu tava sumida. Eu sei, eu sempre faço isso. Eu sumo mas sou gente boa, ok? E o melhor: eu sempre volto <3 HAHAHAH (volto até com uns assuntos nada a ver tipo hoje, mas volto Q)

A bad as vezes bate por aqui, nunca escondi isso. Duas coisas específicas tem me feito espantar esse dragão quando ela chega toda marota querendo sentar do meu lado: A primeira coisa é a minha namorada LINDHA e a segunda são os produténhos da vida que tem pra nois testar. Como não quero fazer propaganda da minha namorada pra vocês não sentirem vontade de tomar ela de mim (porque ela é um super partidão), vamos falar sobre Yamasterol mesmo, tá? HAHAHAH Mesmo eu sempre ressaltando que entendo nadinha dessas coisa e estou apenas munida da minha boa vontade e opinião HAHAHA.

Como falei nesse post "eu posso ser a solução dos seus problemas": yamasterol tradicional (01/04), conheci essa maravilha da vida lá no blog da minha Sherlock (a Duane do Claramente Insana <3). Comecei essa vida de "testação" pelo Yamasterol na versão tradicional, a amarelinha, que foi a única que eu encontrei aqui nesse interiorzão em que estou presa há uns anos. Estudo em outra cidade e, garimpada aqui e ali, achei a versão branquinha e trouxe pra casa toda feliz. Chegou o dia de dar-lhe o veredito u.u HAHAHA

Também com a função de ter todas as funções possíveis pra usar no cabelo (ou seja, multifuncional... dã HAHAHAH), o Yamasterol branquinho é igual o amarelo nesse sentido: Serve pra tudo, só falta também trazer de volta seu amor em 3 dias HAHAHAH. A diferença principal (além da cor, lógico) é o fato da versão branca ter proteína hidrolisada. Não faço ideia do que seja isso, mas dei um google e descobri que isso significa que a proteína é dividade em partículas e, assim, o cabelo acaba absorvendo com mais eficiência as coisas. Ok, aprendi.

O branquinho também é mais indicado pra cabelos quimicamente tratados, o que é meu caso (afinal, não nasci com esse loirão todo. Deus não me deu :( HAHAHA). Falando em cabelo, olha o meu aqui:


No dia aí em questão eu usei sim o Yamasterol como condicionador. Na real, por ele ser branco, eu gosto de misturá-lo ao matizador (coisa que não rola com a versão amarela por motivos óbvios. Se você não sacou os motivos óbvios: Não rola misturar matizador em creme amarelo, né?). 

Eu sei que todo mundo é Team Amarelinho. Mas olha... como tendo a ser esquisita, digo logo: Sou Team Branquinho sim! ESSE NEGÓCIO É MILAGRE EM CREME, SEM OR! Tá vendo esse bicho de 900g que encabeça o post? Só compro desse SIM e torro ele todinho SIM. Pra você ter uma noção que tô mesmo amando o negócio :B

Sei que o post é inusitado, mas se preparem porque ainda vem mais sobre as duas versões restantes do Yamasterol: Rosa e dourado. YEY!


postado por Hellz. em 08 novembro 2017

Lady Night: o talk-show mais legalmente nonsense da TV


Outro dia eu li um texto do Chico Barney para a sua coluna na UOL, intitulada: "Globo precisa banir Tatá Werneck das novelas". À princípio, achei que fosse mais um texto alfinetando artistas, daqueles sem muito argumento que entediam no primeiro parágrafo. Mas a curiosidade de abrir o link e investigar o negócio foi maior e acabei me surpreendendo por ver a minha própria opinião exposta sem o meu consentimento  prévio HAHAHAH (brimks). Mas enfim... eu concordava com o paranauê todo.

Eu, creio que assim como a maioria da galera que visita o BHZ, conheceu a Tatá Werneck numa fase bem menos glamurosa e ryca lá nas épocas da MTV Brasil (eu sei que a emissora ainda existe. Mas precisa nem comentar essa parte, né?). Lógico, ela já demonstrava ser maravilhosa, sagaz, inteligente, rainha do improviso... tudo igualzinha a hoje, porém com menos grana e visibilidade nacional. Uma atriz impecável, lógico, mas com um nicho totalmente diferente do que o brasileiro considera ser o padrão para "atuar". (Afinal, atuar não é fazer papel meia-boca em novela da Globo né, galere? Vamo combinar...).

Mas dai esse tal nicho padrão chegou pra Tatá. Todo brasileiro teve acesso ao furacão Werneck com a personagem Valdirene de Amor à Vida, novela das 9 da Globo em 2013. A vida é feita de oportunidades, né? E lógico que estar numa emissora com tanta estrutura e abrangência de massa é uma oportunidade de ouro pra quem deseja permanecer nas telas. Mas eu, particularmente, sinto que pra ela não funcionava tão bem assim. A Tatá nasceu e se criou dentro do improviso e isso é, definitivamente, o que ela faz de melhor. 

Graças a Deus a Globo detém da Multishow, canal fechado que dá mais liberdade criativa pro artista. E, depois que o Fábio Porchat se mudou pra Record (e virou um chato Q) e o Tudo Pela Audiência se tornou inviável, chegou a hora de dar um programa solo pra Tatá. Antes tarde do que nunca, grazadeus.


E ASSIM VEIO O LADY NIGHT. Nascido em 2017, o programa tenta seguir o formato de talk-shows de fim de noite (já conhecido ao redor do mundo), porém de forma totalmente única ao mesmo tempo. Com ousadia e inconveniência certeira, Tatá consegue arrancar respostas que ninguém nunca tiraria da boca dos famosos em outras situações. Consegue até fazer com que a galera entre na brincadeira junto com ela e pague os micos mais dignos de meme nesse país. (E de meme nois entende HAHAHAH).

Do tipo de atração que não te dá espaço pro tédio, o Lady Night é um ótimo remédio praqueles dias de angústia (digo por experiência própria). Destaque ainda para o quadro Entrevista com o Especialista, que reúne as piadas e perguntas mais sem noção sobre os profissionais de várias áreas (mas que você já deve ter se questionado em algum momento HAHAH)

Ou seja... A Tatá tá se perdendo SIM nas novelas sem graça da Globo, padrão batido há muito tempo e mega engessado. Ela tem luz demais pra se prender a personagens rasos. Porém, 20 e poucos episódios por temporada do Lady Night não tá bom não hein, produção?


A gente quer Tatá com programa fixo e solo PRA SEMPRE!




postado por Hellz. em 31 outubro 2017

Celebrando o Halloween com a Sharon Needles!

Se você não tá entendendo um pouco direito quem é a criatura montada na vassoura na foto ilustrativa deste post, vamos lá:

Nome próprio

1 - Nome de palco de Aaron Coady; 
2 - Drag queen americana vencedora da quarta temporada do reality show RuPaul's Drag Race; 
3 - Aficcionada por Halloween e toda bizarrice que a cultura envolve, diz que a festa deve ser comemorada TODOS OS FUCKING DIAS. (O que eu, particularmente, muito aprovo).

Dito isso, podemos seguir? Beleza...

Pensando em como fazer uma postagem de Halloween que seja o suficientemente criativa (afinal, essa é uma das minhas festas PRE FE RI DAAAAAS!), o nome desta diva freak pulava em letras neon na minha cabeça sobre absolutamente QUALQUER categoria. (E eis um dos motivos que ela é minha winner preferida de RuPaul's Drag Race, falei HAHAHA). Quer inspiração de qualidade pro dia das bruxas? TOMA SHARON NEEDLES PRA VOCÊ, MONAMOUR!



Para se inspirar em MAQUIAGEM
Recentemente, a Cosmopolitan fez uma sequência de clipes com várias drags mostrando seus processos de maquiagem. A Sharon participou e fez uma coisa bem trevosa, como sabe fazer melhor.

Para se inspirar em VIDEOCLIPE
Clipe do primeiro single do segundo cd da Needles, o Taxidermy, Dracula traz muitas referências a respeito de filmes de terror.

Para se inspirar em LOOKS
PURO Halloween, preciso dizer mais que isso?

Para se inspirar em MÚSICA
EVERYDAY IS HALLOWEEN!

Para se inspirar em FILMES
Dicas de filmes pra assistir durante o Halloween (e qualquer época do ano) vindas da própria maior spooky queen que você respeita.


HAPPY HALLOWEEN, FOLKS!