Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
postado por Hellz. em 05 setembro 2017

A vida é jogos vorazes, parceiro


Tem momentos que você tá de boas na lagoa, convivendo feliz com quem quer bem e o seu gato, convivendo bem até com você mesmo. E eis o perigo: Quando tudo tá muito bem, parece que o karma te envia algo pra testar a sua paciência, resiliência e flexibilidade. Além de, lógico, a sua existência: O quanto você suporta pra continuar vivo?

No meu caso, tenho sido constantemente alvo de bullying gratuito nas ruas devido ao meu peso. Sim, pasme, as pessoas tem estado incomodadas comigo e como eu me porto a ponto de me xingarem ou tentarem me intimidar de alguma maneira só porque eu peso mais do que elas. (Soa até surreal, eu sei. Mas a vida de mocinha do interior não é fácil). 

Numa dessas vezes, quando o universo e todo o seu karma decidiu me enviar um fiel escudeiro de trollagem pra tentar me diminuir, eu voltei mei triste pra casa. De uns tempos pra cá, tal reação me é rara, já que eu revido de alguma forma e volto pra casa me sentindo muito poderosa (seja revidar mandando se foder, me inflando como um brutamontes e seguindo o agressor - com toda a cara de psicopata que eu consigo fazer, entre outros. Pra criatividade o céu é o limite! HAHAHAH). Dessa vez em especial, eu não pude me defender por se tratarem de crianças de 5 anos. Eu sei, poderia ter ido lá dar uma lição de moral e mimimi, mas não tava a fim. Não queria ter que escolher uma linguagem didática quando minha vontade era berrar: "SEUS MAL EDUCADOS DO CARALHO!". Enfim... segui o baile pra casa, meio tristonha e foi quando eu pensei a frase que intitula o post: A vida é jogos vorazes, parceiro, e a gente é só um tributo prestes a partir. (parafraseando a música chatíssima da Ana Vilela, neste caso :B)

O cenário é meio o seguinte: Você tá de boas a sua vila, com a sua família e enfim. Até que surgem os jogos vorazes! Você é sorteado e posto na arena, onde vai ter que sobreviver. Neguinho vai tentar te matar de todo jeito pra sair pro cima e você vai ter que se esquivar por meses pra sair bem do negócio...

Mas sabe o que muda todo o jogo? A perspectiva. Você vai se deixar ser morto ou você vai se defender? Você vai assumir as agressões e deixar que elas te consumam a ponto de te eliminar do jogo? Ou você vai pôr a cara no sol e jogar também, se defendendo com unhas, dentes e berros pra manter a sua vida e sanidade no lugar de antes?

Por mais que eu tenha começado esse devaneio, ainda dentro da minha própria cabeça, pensando que eu era o tributo que morria pra que outra pessoa triunfasse no jogo, no fim das contas eu disse que tava tudo errado. I'M THE FUCKING KATNISS! Eu sou a garota em chamas da porra toda! E eu vou sobreviver com ressalvas à esse desafio!

E VOCÊ? QUEM DECIDE SER NESSES JOGOS VORAZES DA VIDA?


52 comentários:

  1. Helllzzz! Toca ai mulher O/ eu adoro gente emponderada u.u
    Sinceramente, ainda me pergunto porque você está longe de mim. Poderiamos ser muito amigas - ou algo mais ;)
    (não resisto a um charlate! Me julguem!)
    KKKK
    Mas, é sério Hellz, sei bem. Também já sofri Bullying por conta do meu estilo, no entanto, eu nunca dei muita bola. Gosto de mim mesma do jeito que sou e gastar saliva com pessoas degradantes é se colocar no mesmo nível que elas. Prefiro deixar para lá, não preciso disso, porque não preciso passar por cima de ninguém para brilhar. MEU BRILHO É NATURAL! *O*

    Até mais! O/
    Karolini Barbara
    womenrocker.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Vamos lá Katniss Hellzdeen! A musa da porra toda, que não se deixa abalar! Na boa, se tão me zoando na rua eu fico PUTASSA mas depois penso que é inveja e mando todo mundo se foder mentalmente. Aliás, já mandei uns guris na rua tomarem naquele lugar pq chamaram minha mãe de "minha sogra" e sei lá mais o que. Fiquei com medo de apanhar deles? Fiquei. Mas mandei mesmo assim, fiquei leve. Vamos ser nós mesmos e os outros que cuidem das vidas deles. Se estão insatisfeitos e despejam nos outros, não é culpa minha :D

    Beijinhos
    tipsnconfessions.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. tu acredita que algo parecido aconteceu comigo logo depois que eu cortei meu hair? os moleque da tua inventaram de avacalhar e porra também não fiz nada
    mas é isso mesmo ai que tu disse SOMOS AS FUNCKING KATNISS e cara existe uma diferença muito grande entre se sentir mal por algo e o quanto esse sentimento vai durar e é bom que façamos o possível pra nao durar mais que um ou dois segundos :)

    ResponderExcluir
  4. Hellz, quanto povo babaca! E acho que sua atitude está certíssima, não se deixe levar (mesmo que seja criança), por conta de um comentário desse! Você é mais, muito mais!

    Beijo!
    Cores do Vício

    ResponderExcluir
  5. Oi, Hellz!

    Sério que sofre bullying nas ruas? Triste essa situação! Triste essas pessoas!

    Abraços, Cris

    ResponderExcluir
  6. oi, oi.

    ai, que preguiça de gente que humilha os outros pra se sentir bem. tenho dó dessas crianças tbm... tão novas e tão babaquinhas! :(

    sofri a minha vida inteira com o bullyinh, mas, eu decidi vencer, sabe? com muita luta, comecei a me impor, a filtrar o que ouvia e tudo mudou. faça o mesmo! aprenda a dar valor somente ao que te importa e é positivo. às coisas negativas, manda-se o foda e siga o baile. ;)

    bjs!
    Não me venha com desculpas

    ResponderExcluir
  7. Hellz, que povo mais babaca!
    Não da pra admitir essas pessoas que se sentem bem humilhando os outros =( é muito triste...tenho pena delas!

    Se quiser conversar, desabafar...pode contar comigo <3

    Um beijo enorme!
    Carla Carrais | www.cahcarrais.wordpress.com

    ResponderExcluir
  8. Povo doido, ainda lembro das brincadeiras pelo meu peso (não tão alto assim) na escola... caramba! Porque eu não revidava e me sentia para baixo? Era boba... se eu soubesse que a vida eram jogos vorazes tinha logo dito a essas pessoas 'vão à merda kkkk"

    Bjinhos,
    ❥ AmigaDelicada.com

    ResponderExcluir
  9. Também já sofremos bullying quando eramos mais novas por diversos motivos, e sofríamos bastante por causa disso, hoje em dia tentamos não focar muito no que as pessoas falam, mas mesmo assim em algumas ocasiões da vontade de responder a altura, mas respiramos fundo para não revidar.


    Beijos


    onlyinspirations.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Puta merda, eu sou a Katniss também, porra! Aff, tô revoltada que o povo tá te zoando por causa do seu peso. E essa babaquice dos adultos passou pras crianças (também não sei lidar quando se tratam desses serzinhos falando bosta, te entendo). Eu confio que você vai tacar fogo nessa caralha e dar a volta por cima, pisando nesses trouxonildos (tô brava mesmo e expelindo palavrões aqui, ME SEGURA PELAMOR).
    Beijos!

    claramenteinsana.com

    ResponderExcluir
  11. Sou Katniss sempre, meu amô. Eu sobrevivo e eu vivo. Eu sempre fui aquela que tava pouco de fudendo pra opinião alheia e sempre fez o que queria, como queria e quando queria. E continuarei assim. Acho que por isso posso dizer que, mesmo sendo nova, eu já vivi bastante e experimentei bastante coisa. E continue assim, em chamas. Sabe aquela coisa que sempre falam? Quem é feliz consigo mesmo incomoda os outros? Deixa essas pessoas falarem, é só o que sabem fazer mesmo.

    Beijos,
    Blog Gaby Dahmer

    ResponderExcluir
  12. Oieeeee Heeeeeeeellz
    Katnissssss forever!!!!
    Olha vou te falar uma coisa, que preguiça de gente que tem esse tipo de comportamento.
    Sinceramente eu não entendo porque algumas pessoas insistem nessa merda de bullying.
    É um tal de zoar quem está acima ou abaixo do peso considerado ideal sabe-se lá por quem, é alto ou é baixo, é da periferia ou é dos jardins, é de escola pública ou particular, é branco, negro, verde, azul, vermelho, amarelo.
    É uma coisa tão sem noção que eu acho se eles fossem pensar (é que não cabe aqui uma reflexão né, porque esses serumaninhos não pensam) veriam como são babacas
    Sinceramente dá vergonha alheia viu!
    E tem mais, se é criança é ainda pior, porque repete o que aprende em casa, ou seja pais babacas criando filhos babacas, mal educados siiiiiiim pra caralho!
    Tanho cá pra mim que quem age dessa maneira é infeliz para caramba, tem uma vida tão chata que tem que cuidar da vida dos outros, só pode.
    E siiiiiiiiim felicidade incomoda quem não é feliz.
    Quer saber fez muito bem, pra que gastar seu tempo com esses babaquinhas?
    E maissssss tu és e sempre será: uma estrela que brilha cada vez mais!!!!!!!!!
    E o brilho incomoda quem tem a escuridão ao lado.
    Em chamas sempre!!!!!
    #tamojuntas <3

    Bjsssss Luli
    Café com Leitura na Rede

    ResponderExcluir
  13. Muito obrigado, querida!

    Mais um ótimo texto. Estou super de acordo contigo!
    nunca ninguém terá a capacidade de nos derrotar se tivermos uma vontade enorme de vencer :D

    NEW REVIEW POST | CLINIQUE: The best and complete BB CREAM EVER !!!
    InstagramFacebook Official PageMiguel Gouveia / Blog Pieces Of Me :D

    ResponderExcluir
  14. é preciso ter muita força para ultrapassar situações menos boas....e muitas vezes não temos essa capacidade.

    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderExcluir
  15. Oi, Hellz!
    Estou digitando com os pés porque minhas mãos estão ocupadas batendo pra você. Adorei seu texto e seu super empoderamento.
    A vida é realmente um Jogos Vorazes e se não tomarmos cuidado, morremos na cornucópia.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe do sorteio de aniversário do Balaio de Babados e O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  16. Oi, Hellz. Quando comecei a ler o texto e fui entender o motivo dele, fiquei até meio chocada. As pessoas ainda conseguem se sentir incomodadas com os pesos das outras? Em meio a tantos outros problemas para se preocuparem, elas tem a coragem de te encher o saco? Nossa vei, dá até vontade de gritar com esse tipo de gente.
    Eu sou muito magra e por isso também sofro muito bullying por onde passo, mas a minha vontade de ser melhor é tão maior que eu nem me importo com as ofensas mais, simplesmente ergo a cabeça e mostro o dedo do meio. E palmas pra você, fez certíssimo!
    Beijos
    http://www.leitoraencantada.com

    ResponderExcluir
  17. 2017 e as pessoas ainda incomodadas com o peso da outra pessoa. É foda!
    Gostei da relação que você fez com Jogos Vorazes, acho que a vida num geral é isso mesmo. E na verdade é tudo questão de perspectiva, do jeito que olhamos e encaramos as coisas.
    De qualquer forma Hellz nunca se esqueça que você é incrível do jeitinho que é ♥

    https://heyimwiththeband.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Nossa fiquei nervosa ao ler sobre o bullying..
    2017 e as pessoas só pioram.
    Eu ando tão desanimada com a vida que se eu fosse selecionada para jogar, me entregaria logo ahuihauhaiuhaiuhaiuhauhuiaiuahuih Cansada de enfrentar fases e não acabar o jogo logo =P

    ResponderExcluir
  19. MUITO GAME OVER PARA UMA VIDA SÓ ahuhauhauhuah

    ResponderExcluir
  20. há pessoas que só se sentem bem criticando e julgando os outros e saem por aí a espalhar veneno...na realidade elas proprias se sentem inferiores e descarregam nos outros. eu acho uma tristeza fazerem isso contigo. és forte! nunca deixes que os outros te tentem derrubar
    beijinhos

    Blog ChocoPink / Instagram / Facebook

    ResponderExcluir
  21. Esse tipo de pessoa eu não dou muito cartaz, obrigado pela visita.
    Blog:https://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/
    Canal:https://www.youtube.com/watch?v=DmO8csZDARM

    ResponderExcluir
  22. Helz! A sua intensidade, entrega e sensibilidade reflexiva e crítica são pontos tão importantes, tão admiráveis. Espero que esses tópicos contagiem tantos âmagos! Você é força que lembra que maturidade é não desistir de sentir, e é o que há de mais belo. Apesar de tudo ser moeda, trazendo os lados de aprendizados e evoluções, é terrível observar essa falta de respeito e de noções básicas em tantos seres humanos: esquecidos do fator fundamental que aponta para o fato de que estamos todos conectados e com diferenças em semelhanças e vice-versa. É bom lembrar que a vingança em si não engrandece, é perda. A maior delas é sempre ir em frente e crescer por si e por quem merece, não é? Mas sinto que essa sua garra é justamente metáfora e força para tal aspecto. E, vai com tudo!

    semquases.com

    ResponderExcluir
  23. Já é muito feio ter que aguentar adultos que acham que devemos seguir um certo padrão de corpo, de comportamento, de estética, de TUDO... Ter que aturar uma criança mal criada e sem o menor senso de respeito é foooooogo... Mas a culpa disso é dos pais, que não dão limites e nem educam, GENTE NÃO AGUENTO COM ISSO. Apesar da situação ter te deixado triste, você deu a volta por cima e assumiu o posto certo! Ninguém pode rebaixar ninguém, vai láá e arraaaase haha beijokas ;)

    ResponderExcluir
  24. Sensacional o seu texto! A vida é assim mesmo, um jogo voraz o tempo inteiro. Temos dias bons, ou ao menos maomenos em que estamos de boa em casa, fazendo uns pães, até que somos selecionados pros jogos e aí não tem mt o que a gente possa fazer além de lutar pra sair vivo dessa. E os jogos se resume à sociedade. Sempre criticando, sempre julgando, sempre dando palpite sobre o nosso peso, nossa aparência, nossas escolhas. É foda, mas quem são eles pra cuidar da nossa vida? Nesses momentos, se lembre sempre do seu texto: Eu escolhi ser Katniss! Hahahah ou então Tris, divergente e ninguém pode me controlar!

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  25. Ainda não acredito que existem pessoas assim :( Mas olha autoestima sempre alta!
    Um beijo grande e muito GORDO
    www.thaissgalbiero.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  26. Lutas Hellz, mesmo porque eu aprendi uma coisa: "Faça! Vão te criticar da mesma forma."
    Faça o que tiver vontade, ignore essas pessoas ogras e mal amadas com o mundo.
    big beijos

    ResponderExcluir
  27. Olá, Hellz.
    Cara, eu te entendo perfeitamente, pq fazem 3 anos que meu peso subiu de uma forma doida e eu não tô conseguindo voltar ao peso que eu tinha antes. Isso as vezes me ferra, mas comigo...eu tô aprendendo a lidar. O difícil mesmo é lidar com os outros..em como eles se incomodam com a vida alheia, não é mesmo? Mas eu decidi não ficar mais calada. Até pq minha avó sempre dizia "fala o que quer, ouve o que não quer", vou seguir essa filosofia dela e responder da forma mais desnecessária possível.
    hahahah...enfim, força. Tô contigo nessa!
    5 O'clock Tea

    ResponderExcluir
  28. Sabe o que é mais triste disso tudo?
    É que eu super acredito em você, Hellz.
    Na escola, eu era deixada de lado das 'matines', simplesmente porque não me adequava aos padrões impostos pela minha 'turma de amigos'.
    Então, hoje, quero te dizer que sua sociedade pode não te aceitar. Mas a blogosfera gosta de você pelo que você é. Não vale a pena dar ouvidos as pessoas que só querem te colocar para baixo.
    beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  29. Lovely post! Maybe we could follow each other on GFC and instagram @djonovicmilica? If yes, follow me and I follow back as soon as I see it.
    Let me know with a comment on my Blog

    https://intonezzee.blogspot.com/

    kisses

    ResponderExcluir
  30. Boa noite,
    Porra, o povo é foda.
    Quando não tem nada pra fazer começam a implicar com as pessoas. Mas relaxa, você não precisa ligar para elas e viva sua vida na boa ai.

    Beijos e se cuida
    www.rimasdopreto.com

    ResponderExcluir
  31. Gente idiota tem em todo lugar, infelizmente! Sou muito educada, mas com esses não faço questão, detono mesmo! Segue a vida, minha linda, esse povo não merece atenção


    Beijos!

    EsmaltadasdaPatyDomingues


    ResponderExcluir
  32. Põe a cara no sol, sim! Não acredito que em pleno século 21 existam pessoas assim ainda. Se oprime não, Hellz, cê é MUITO melhor que isso <3

    mariasabetudo

    ResponderExcluir
  33. Sabe qual a pior parte de tudo? É que esses babacas que gostam de implicar com algo em uma pessoa tem um problema muito maior.
    Odeio ver pessoas com esse tipo de comportamento, e quando vejo faço questão de apontar um defeito pra calar a pessoa.
    Beijos e ignore todo mundo
    http://lolamantovani.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  34. Hellz não liga pra quem fala mal de você, essas pessoas falam porque não conhece você de verdade, não sabe que você é uma pessoa muito especial. Vire as costas pra essas pessoas e deixem eles falarem sozinhos, bjs.
    http://www.lucimarmoreira.com/

    ResponderExcluir
  35. quem nunca se sentiu assim? mas realmente temos que nos lembrar que estamos no comando e nao nos deixar abater

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  36. Olá, tudo bem?
    Nossa sinto muito pelo que tem passado, meu irmão passou pôr muita coisa onde eu moro pôr ser gay e as pessoas não aceitam, o que não deveria preocupar elas, pois a vida não é delas e não irá interferir em nada nas mesmas.
    Meu irmão sempre ignorou, e hoje, cada vez mais se torna um homem bem sucedido, enquanto, a maioria das pessoas que fazia bullying com ele continua na mesmice.
    Seja forte, não ligue para o que os outros vão dizer, ele sempre vão falar.
    Beijos
    http://amandastale.blogspot.com

    ResponderExcluir
  37. AAAAAAAAAAA QUE TEXTÃO DA PORRA! VOCÊ É MUITO MARAVILHOSA, HELLZ!!!!! Queria tanto ser você quando crescesse... HAHAHAHAHAHA. Eu também já sofri muito de bullying pelo mesmo motivo, e pior: por amigos e familiares. Isso sempre me fez muito mal e hoje eu tenho a autoestima baixíssima por causa dessas coisas. Acho péssimo que as pessoas opinam na vida dos outros de uma forma e não percebem o quão mal elas podem fazer com tais comentários. Mas é isso aí que você disse: a vida é jogos vorazes, e a gente precisa ser uma Katniss que triunfa sobre todos com as suas chamas!!! Tô trabalhando bastante pra ser que nem ela, e sei que vou conseguir <333

    Com amor,
    Steph • Não é Berlim

    ResponderExcluir
  38. Cara, é punk! Eu fico impressionada em como esses comentarios maldosos influenciam as nossas vidas, por mais empoderada que nos sejamos!
    Eu trabalho isso em mim diariamente, mas é pesado! Principalmente por parte da familia e do trabalho!
    Mas vamos ser Katniss! Nao e mesmo? haha
    Beijao

    coloresam.com

    ResponderExcluir
  39. Uma analogia bem interessante essa.. puxa que tristeza o comportamento das pessoas, eu sinto muito. Tao errado e tao feio em tantos niveis... eu sei que eu nao estou passando pela sua situacao, mas uma coisa que eu aprendi e tento praticar e nao me rebaixar ao nivel daqueles que querem me puxar pra baixo! Seja forte sim, seja Katness, mas faca isso com dignidade sem "matar" ngm com as palavras. Ignore, seja superior! E dificil nao se deixar atingir e nao querer revisar.. mas eu creio que nao dar lado para essas pessoas e o melhor remedio... enfim, minha opniao! espero q nao tenha problema de ter falado. Eu torco muito por vc :D
    Bjs

    www.deboradahl.com

    ResponderExcluir
  40. Que chato isso!
    bjs flor
    http://www.pinkbelezura.com/

    ResponderExcluir
  41. aMEEEEEEEEEEEEEIIIIIIII sua comparação da vida com jogos vorazes!!!!!
    aplausos , não é fácil mesmo não, a vida não é fácil pra ninguém pode ter certeza que mesmo quem não é gordo tem seus problemas também. todo mundo tem...sou magra e minha vida tenho problemas sérios tbm...! todos somos iguais! e vivemos uma vida de jogos vorazes rs
    bjão

    http://virtualparadisee.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  42. Oi, Hellzinha!
    Esse foi um dos textos mais incríveis que já li sobre bullying e sobre se amar.
    Com um toque de humor, de realidade nua e crua e de empoderamento, você foi incrível.
    E, realmente, com crianças é mais complicado. E elas sabem ser más, muito más, quando querem.
    Mas adorei que você segue as pessoas na rua com cara de psicopata.
    MARAVILHOSA!
    HAHAHAHAHAHAHAHA
    Você não é apenas um tributo, mas, como disse, é a Katniss badass, the girl on fire. Então queima umas bundas por aí com todo seu fogo.
    Hahahaha

    Beijooos

    www.casosacasoselivros.com
    www.livrosdateca.com

    ResponderExcluir
  43. Lindo textooo, ótima comparação com o filme/livro..

    Dani Ramos
    http://donaengenhosa.com.br/

    ResponderExcluir
  44. Muito bacana a forma que você abordou o tema, ficou divertido de ler, mas não tirou a importância do assunto!

    você sempre manda muito bem!

    Parabéns, beiiijos

    Blog Lua Soares

    ResponderExcluir
  45. Hellllzzzz, que texto maravilhoso, mulher. Começou meio borocoxô, mas acabou maravilhoso.
    #somostodaskatniss

    Enfrentei muito bullying na minha adolescência já que cheguei a pesar 97 quilos... sei como é voltar para a casa triste por ter ouvido piadinhas de desconhecidos... mas que saber? Você é poderosa, você nunca vai deixar ninguém te diminuir. Você não é um número na balança ou na etiqueta de uma calça, você é uma pessoa que merece respeito e tem mais é que mandar geral se foder! hahahahahahahah <3

    Beijo
    - Tami
    Blog Meu Epílogo | Instagram | Facebook

    ResponderExcluir
  46. Ai, pelamordedeus, pleno 2017 e as pessoas ainda se incomodam com o peso das outras?????? Isso, no mínimo, é falta do que fazer. Fico triste com essas situações, é incrível como existe gente babaca por aí, mas ao mesmo tempo, fico felizona que tu responda a altura! Cê é um mulherão da porra, não deixa se abalar mesmo e vamos seguindo sendo a Katniss nesse jogo da vida. Ah, e eu tava com saudade de visitar aqui <3
    Um beijão,
    Gabs | likegabs.blogspot.com ❥

    ResponderExcluir
  47. É complicado as pessoas só sabem cuidar da vida alheia e isso me incomoda demais. Puxa vamos virar a página e cuidar da nossa vida.

    Beijos
    http://www.pimentadeacucar.com

    ResponderExcluir
  48. Cara, se parar pra pensar nesse mundo onde cada opressão é um saco de batatas nas costas a gente tem sido Katniss demais, né? Só de nascer mulher a gente já tem um desses sacos pesando e cá estamos, tantos anos (décadas) depois levando esse peso na ponta da flecha pra mandar ele junto quando precisar mirar e atirar com o arco. E você realmente soube ser a Garota em Chamas não só nos dias em que conseguiu voltar bem, mas também nesse que voltou mal e ainda assim conseguiu superar comentários que de nada adiantam na sua vida (e na vida de ninguém, nem dessa criança que foi ensinada pela sociedade a já julgar).
    Continue brilhando!

    ResponderExcluir
  49. Também já tive esse devaneio de que a vida são Jogos Vorazes, e é mesmo! KK.
    Migs, passo pela mesma tristeza de bullyng como você, mas o pior é que não são mini pessoinhas de cinco anos, mas sim adultos da minha própria família. A parte boa é que eu aprendi a me apegar àqueles que me querem bem e não concordam com as ofensas feitas pelos outros, esses são os aliados dentro dos jogos.
    Fico feliz que você tenha pensado bem e não se deixou abater completamente.
    Beijo, www.apenasleiteepimenta.com.br

    ResponderExcluir
  50. Helô, vi sua foto no Instagram e vim aparecer por aqui, porque não sei quando eu deixei de visitar seu blog (certeza que foi falta de tempo).
    Eu to paxxxxxxxxxxxma de você morar em uma cidade do interior preconceituosa achei péssimo! Eu não ia dar lição de moral nesses meninos não, já ia chegar e falar "cadê o responsável?" e ia na delegacia abrir B.O. SOU DESSAS ME DEIXA!
    Amei seu devaneio e acredita que já tinha pensado nessa teoria? Mas como você eu penso que sou a Katniss e já era HAHAHAHAH


    www.vestindoideias.com

    ResponderExcluir
  51. Bate aí, Hellz! É assim que tem que ser, nós somos a Katniss, HAHAHAH. Adorei esse teu ponto de vista e não liga pro que essa gente fala de ti, tu é muito mais que isso. <3

    Beijos, quebrarosilencio.blogspot.com ❥

    ResponderExcluir
  52. mano, eu tou chocada. sério, eu tive que reler o parágrafo duas vezes pra ver se eu tinha entedido certo. Jesus. Grazadeus, você é maravilhosa e empoderada e joga na cara dessas pessoas. É isso aí mesmo, a gente tem que enfrentar a vida de frente. sempre.


    Beijinhos
    n. // www.fashionjacket.com.br

    ResponderExcluir

Aqui é a área do BEING YOU e você tá com a palavra, hein? BORA!