Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
postado por Hellz. em 17 outubro 2017

Geração do desapego: Eficiente como um tiro no pé

Sabe o que nos torna, de fato, humanos? Nós sentimos. Os sentimentos são exclusivos daquilo que é vivo, pulsa sangue nas veias. Exemplo disso? Você nunca verá um robô substituir um artista. Repito: Sentir é intrínseco à nós, não há escolha. 

Entretanto, é notório a formação de uma nova geração entre nós: A do desapego. Onde sentir, esta condição factual e natural da espécie, é considerado como fraqueza destinada à extinção. Jogos mentais surgem como medida de prevenção ao afeto. Regras são criadas e, se quebrá-las, você será feito de trouxa em dois tempos. Mas isso é o mesmo que dar um tiro no pé. 

Não há estrada certeira pra o coração. Quando a trilha que te pertence é aquela, os caminhos se pré-dispõem a te fazerem, naturalmente, chegar no lugar certo. E se não conseguir chegar, bom... aquele caminho não era o seu, sabe? Aí sim você precisa desapegar. Escutem, crianças: Desapegar de alguém, quando o sentimento não é mútuo por quaisquer motivos, não significa se fechar pro afeto de um outro alguém. Significa apenas seguir em frente e valorizar a primeira pessoa no mundo que você não deve jogar sujo de jeito nenhum: Você mesmo.

Os outros ao nosso redor não devem ser vistos como marionetes descartáveis, significantes apenas quando há o nosso próprio desejo envolvido. Se há sentimento dentro de você, que é humano, a humanidade também reside dentro do próximo. Numa matemática simples, isso responde: Há o sentir do lado de lá também.

Se você quiser algo, fale. Se amar alguém, diga. Se sente saudade, telefone. Se está chateado, tente conversar. Se a vontade for a de redigir um textão dizendo o quão o outro te é apreciado, o faça. O amor que é amor mesmo sente-se livre apenas em sê-lo. Querer a mesma intensidade e forma que você sente em retorno, como recompensa, seria, olha a revelação... egoísmo.

Vamos celebrar a nossa humanidade. Vamos viver realmente o que significa estar vivo e espalhar o nosso amor por aí.


28 comentários:

  1. Não é exatamente o que eu esperava ler tão cedo assim, mas me caiu como uma luva, como sempre quando venho aqui. Que poder é esse que tu tem, hein?

    Depois que terminei meu namoro eu entrei no modo "não sentir" e acabei magoando uma pessoa justamente porque tava numa vibe desapegada, não ligando pra nada. Isso me deixou super mal e me fez refletir se como eu estava vivendo era realmente necessário tanto desapego assim. Eu não sou um robô, então querer me comportar como um não faz o menor sentido, né? Nós sentimos e sempre vamos sentir, não dá pra discutir sobre isso, mas dá pra refletirmos sobre, melhorarmos sobre.

    Gostei mesmo do texto. Tu escreve incrivelmente bem <3
    Beijão,
    misinwonderland.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Hellz, mais um texto ótimo! Concordo com cada palavra escrita.
    Para minha sorte, sempre fui assim, de expor tudo o que sentia/pensava. Ainda bem que não sou dessa geração. xD

    Beijo!
    Cores do Vício

    ResponderExcluir
  3. Hellz,
    Que texto lindo...
    Essa nova geração precisa entender que não somos robôs.

    Dani Ramos
    http://donaengenhosa.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi, Hellz!
    Amei seu texto, mas infelizmente ele não combina comigo. Eu sou uma pessoa que não sou de expressar meus sentimentos com palavras; acho mais fácil com ações. Fora que sou totalmente desapegada que o povo diz que tenho coração de gelo haahhahahah
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  5. Hellz que texto maravilhoso, realmente há pessoas que são fechada na hora de expor os sentimentos. No meu caso eu expor quando é preciso, se tem que dizer que amo eu falo, se tiver que pedir desculpa eu peço, não podemos é nos esconder, Hellz bjs.
    http://www.lucimarmoreira.com/

    ResponderExcluir
  6. Oie Hellz!
    Eu sou essa aí do desapego. Sou bem fria e não muito carinhosa haha acho que a gente acaba ficando assim com a vida, sei lá. É importante se apegar mas também saber desapegar sem sofrimento, ser fechado demais ou apegado demais não é legal, o bom é sempre o meio termo :)

    Beijinhos
    tipsnconfessions.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Muitas vezes a gente se sente chateada e quando vai expor os problemas, nem todas pessoas entendem
    big beijos

    ResponderExcluir
  8. Gostei tanto do seu texto, passei por isso na adolescência. Sério! Achei que se eu tentasse não sentir ia ficar tudo bem, hahah, primeiro que não da para simplesmente querer desapegar de tudo e nesse processo eu me senti tão vazia... Tiro no pé mesmo. Hoje em dia olho para trás e fico rindo da minha inocência rs.
    O tempo é curto demais, a gente tem que aproveitar da melhor maneira, amando. ♥
    Charme-se

    ResponderExcluir
  9. Perfeição, realidade e verdade são palavras que resumiriam esse texto.
    A humanidade as vezes me parece extinta. Isso é muito estranho.
    Excelente texto!
    bjO

    Dany
    Blog Breshopping da Dany
    Conheça também o Breshopping da Dany KIDS

    ResponderExcluir
  10. ah adorei! a vida vai passando e td mundo parece que nao quer nada com nada, ninguem quer se apegar, td mundo muito blase, eu to fora. seria fria quando estiver morta rs

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  11. Várias e várias vezes eu já conversei sobre esse assunto com minhas amigas. É tão mais fácil desapegar, deixar pra lá do que demonstrar nossos sentimentos né?
    Ganha quem ignora mais, quem demora mais tempo pra responder etc etc...
    É foda. Eu ainda sou a favor de que se a gente sente é melhor falar MESMO hehe.

    https://heyimwiththeband.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Em palavras aquilo que sinto e penso... é impressionante como sabemos o que devemos fazer e como fazer e simplesmente não fazemos.
    Agir, tomar decisões e escolher deixar ir... difícil, mas gratificante!
    E vamos trabalhar para colocar em prática!
    xoxo

    ResponderExcluir
  13. Oii hellz!! Eu concordo com você! As pessoas precisam agir, depois que perde só resta chorar :( Precisamos demonstrar nossos sentimento antes que seja tarde!
    Um beijo grande e muito GORDO
    http://thaissgalbiero.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Ei :)
    Como está?
    Belo texto! Me lembrou a conversa que tive com uma psicologa na sexta...ela falou que tenho que "externalizar" o que sinto, que devo falar as coisas que me incomodam...que devo agir!

    Boa reflexão a sua.
    Beijos e se cuida
    www.rimasdopreto.com

    ResponderExcluir
  15. Oláááááá Heeeeeeeeeeeellz
    Texto perfeito e reflexivo que fala ao coração e encontra morada na alma.
    Exatamente o que penso, sou dessas que não deixa de dizer, falar, expressar e dialogar.
    Desapegar não é verbo que eu conjugue em se tratando de sentimentos e sensações. Somos a soma do que acontece conosco e essa soma tem seu "cadinho" de desencontros, desilusões e desatinos,mas é aí que reside a graça da coisa, como vc disse com muita propriedade e poetice "sentimos"
    Acho até que desconfio de quem diz que não nutre sentimentos porque acho tão improvável já que é tão inerente à maioria de nós.
    Bjoooo enorme Luli
    Café com Leitura na Rede

    ResponderExcluir
  16. Arrasou flor!
    Texto perfeito!
    Eu sou muito emoção, então o que quero falar, falo, amo grande, abraço forte.. sou muito 100% !!
    amei
    beijos
    http://www.tatycamposblog.com

    ResponderExcluir
  17. Eu sou muito sensível. E às vezes me machuco bastante por isso porque não rola algo mútuo, sabe? Normalmente as pessoas não querem se prender a nada e nem ninguém. E por isso todo mundo está tão "desapegado", fazendo esses jogos de quem se importa menos.
    Mas eu acho joguinhos tão chatos. Sério, é algo que não entra na minha cabeça. E sempre quando eu começo a me reprimir por sentir demais, eu penso: "você tá viva e tá aqui. Então sente tudo que tiver pra sentir".

    ResponderExcluir
  18. Olá! Tudo bem?
    Você levantou uma questão que realmente me incomodava, o fato do conceito de desapego estar totalmente distorcido nos tempos atuais.
    Adorei o seu texto.
    Obrigada pelo comentário lá no blog.
    Volte sempre!

    Misto Quente ~

    ResponderExcluir
  19. Lidamos com tanta gente ultimamente, é desgastante! Eu sigo com modo de viver, me expresso ao máximo e assim sou feliz

    Beijos!

    EsmaltadasdaPatyDomingues

    ResponderExcluir
  20. Oi Hellz,
    Também sou a favor da verdade, do desabafo. Com isso, podemos ter zero arrependimentos.
    Beijo
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  21. arrasou, hellz ♥ eu confesso que sou das que não se expõe muito, mas a reflexão vale muito.


    Beijinhos
    n. // www.fashionjacket.com.br

    ResponderExcluir
  22. Adorei o texto! Eu definitivamente não sou desapegada! Eu sou dessas que demonstro mesmo, dando a cara a tapa. HAHA Pode ser bom ou ruim, mas confesso que prefiro ser assim. Beijos!

    Fe
    www.feejao.com

    ResponderExcluir
  23. Esse ultimo paragrafo foi um tapa na minha cara. Sou do tipo que gosta e esconde sabe? Ai quando perde a oportunidade,me arrependo.

    Aneeeeeeeei!


    Beijos da Nah
    www.oxifalei.com.br

    ResponderExcluir
  24. Nossaaaa, falou tudo. Parei até pra pensar. Concordo plenamente.

    www.mayaravieira.com.br

    ResponderExcluir
  25. Hellz, que texto maravilhoso! Sempre fui muito apegada, no geral. E isso acabava me machucando em muitos aspectos. Não vou dizer que agora tô super desapegada, mas como tu disse, quando não é recíproco, tem que desapegar mesmo. Esse último parágrafo disse tudo e mais um pouco! <3

    Beijos, quebrarosilencio.blogspot.com ❥

    ResponderExcluir
  26. Eu já me fecho de vez Hellz, não consigo perder o controle e deixar rolar, to necessitando de um terapeuta...

    beijinhos!
    maybeillgotohell.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  27. Temos que desapegar do que não nos faz bem mas não esquecer de jeito nenhum os sentimentos, se não deu certo uma vez temos muita chances para tentar. Temos que nos valorizar mas sem esquecer do outro.


    Beijos


    onlyinspirations.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Aqui é a área do BEING YOU e você tá com a palavra, hein? BORA!