Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
postado por Hellz. em 02 julho 2018

como se reinventar ainda em 2018 - Por Amanda Ferreira




No último post, foi falado sobre viver um inferno astral e hoje, eu Amanda, convidada para dar uma palinha aqui, vou dar algumas dicas básicas para aproveitar ainda o segundo semestre de 2018 e não perder mais um semestre com descontrole. Bora?


1 - Excesso é diferente de sucesso


Estamos acostumadas a reconhecer nosso valor naquilo que fazemos. Então, parece que quanto mais ocupada, mais importante você é. E sem perceber, nos pegamos fazendo muitas coisas e assumindo muitos compromissos ao mesmo tempo

(exemplo)
Ao invés de você ficar planejando o ano todo mudar seu corpo através de uma super-dieta que seu nutricionista caríssimo vai passar daqui há um mês junto com o Cross Fit que você tá falando com todo mundo que vai fazer, já comprou a roupinha e vai tirar fotinhos para o Instagram...

já pensou em simplesmente fazer uma reeducação alimentar simplista?
Pão por banana cozida;
Deixar de dormir tarde por dormir cedo e descansar/recuperar das atividades;
Refrigerante por água e sucos naturais sem açúcar;
Biscoito por frutas;
Exercícios pelo menos 3 vezes na semana (bem feitos) e bom descanso;
Caminhadas...
Com poucas mudanças, você já dá alguns passos para aquilo que pretende mudar.

Dei o exemplo da dieta, mas aplique em qualquer área. Para este semestre, opte por fazer menos, mas com qualidade e gosto.

2 - Falando em gosto... goste mais da sua própria vida

Atualmente, também vivemos para adorar a vida do outro.
É sério! Quantas vezes nos pegamos desejando o corpo da fulana, o trabalho da ciclana e o sucesso da beltrana?
Nem por inveja, apenas por não estarmos vivendo uma vida com real significado, então qualquer foto de rede social parece melhor que toda a sua vida.
Assumimos tantos compromissos para termos uma vida boa, que nos perdemos neles.
Lembre-se de que as pessoas que nós mais admiramos, não passam o dia todo sendo lindas e tirando fotos em Cancún. Para manter um corpo, uma vida financeira, etc, é preciso dedicação. Então, não olhe tanto o resultado dos outros, mas sim como eles são construídos.
Quando começamos a pegar leve com a gente, temos mais espaço para curtir quem somos. Hoje vivemos na melhor época, você pode ser qualquer coisa. Você pode até ser o novo Papa se quiser. Então, não se limite, pois sua vida não é nada limitada, mas sim a sua visão dela e suas comparações com terceiros.
Para este semestre, lembre-se de respirar, sentir seu corpo e ser criativa na hora de fazer escolhas positivas que irão te ajudar a gostar mais do seu momento.

3 - Cuidado com as redes sociais e os noticiários

É muito conteúdo para pouco cérebro processar!
Observe se as redes sociais têm um efeito positivo na sua vida e tente ponderar se não tiver. Uma dica que eu uso e funciona muito bem, é a de adaptá-las para aquilo que faz bem para mim.
Existem algumas pessoas realmente inspiradoras que vale a pena seguir. Eu sigo até alguns cientistas, nutrólogos e dançarinos, que amo. Ver o trabalho deles me motiva a querer mais o meu. Também acabo por usar menos as redes e como mais foco, sempre aprendendo algo com os melhores.
Deixe de seguir pessoas que usam as redes sociais para criar provocações políticas, reclamações e até incitar violência. Você pode filtrar, assim como as notícias que ultimamente, né… só desgraça.
Para este novo semestre, principalmente por ser um ano eleitoral, filtre bem aquilo que vai ficar na sua mente e faça boas escolhas.

4 - Vamos aprontar um pouco?

Você já foi uma criança livre, mas hoje, assim como a maioria de nós, criou várias limitações para o seu prazer de viver.
Comece a se soltar mais na vida. Vão achar que você tá meio maluca, e deixe que achem.
As loucas se divertem mais!
Entretanto, quando digo louca, não é fazer coisas ilícitas que vão te prejudicar ou prejudicar os outros, como: usar drogas, dirigir bêbada, largar tudo para ir viajar o mundo sem planejamento, sair gastando o que não tem...
É simplesmente adaptar coisas gostosinhas no seu dia-a-dia, coisas bobas, mas que você não faz mais.

Dicas:

- Escute aquelas músicas do RBD ou qualquer "banda guilty pleasure" que você amava na maior altura, mesmo que seja com fones;
- Faça uma performance com as músicas da Britney na frente do espelho do seu quarto;
- Faça um penteado bem diferente e no outro mude, seja performática!
- Leve seus sobrinhos ou priminhos no parque de diversão e se divirta mais que eles;
- Tire uma tarde de diva: faça uma massagem, coma no seu restaurante preferido e se dê um mimo.
- Faça um blog sobre qualquer coisa;
- Comece a ler uns livros de terror ou alienígenas antes de dormir (essa eu adoro, rsrs).

Faça coisas que irão colorir a sua vida, porque cinza, meu amor, não é a cor da moda em 2018!


Artigo escrito por Amanda Ferreira, do Blog da Lingerie.


11 comentários:

  1. adorei esse post! eu estou encarando esse novo semestre como um recomeço de meio de ano mesmo, revendo algumas metas etc tbm

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  2. A Netflix tem uma série-documentário chamada "Explicando" e tem um episódio que fala sobre o porquê as dietas não dão certo. Basicamente é porque as pessoas não se mantém nela pelo resto da vida, haha. A reeducação alimentar é o caminho, embora seja extremamente difícil. Eu mesma tô aqui com um pacotão de biscoito na mesa enquanto digito esse comentário, risos.

    Eu vejo alguns problemas na segunda dica. É aquele belo discurso capitalista de liberdade e possibilidade de ser quem você quiser, mas a verdade é que grande parte das pessoas não pode ser nada, porque não tem o capital para isso. Infelizmente, para muitos, abrir mão de uma vida atarefada é luxo, ser o que quiser ser então... Pff. Boa dica, porém limitada no público alvo (mas o que que não é, né?)

    A terceira dica também é complicada, porque filtrar pode levar à alienação. Não participar de debates pode levar uma pessoa a escolher um candidato que, na verdade, não a representa, só porque os amigos e familiares estão votando nele. Sim, temos que filtrar o que é picuínha, mas é sempre bom ficar de olho nas discussões sérias, porque é assim que podemos formar o nosso pensamento.

    Sobre aprontar: essa é a melhor parte. Adoro romper as barreiras sociais e começar a dançar sem música em público. É importante ir contra as regras vez ou outra, desde que não prejudique ninguém, né?

    Aah, eu gosto de cinza :( UAHUAHAHAU

    Beijinhos!
    https://cyberalkymist.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Uma das coisas que eu estou fazendo ultimamente é cuidar mais das minhas redes sociais, por exemplo eu estou dando uma limpa no meu Facebook tirando algumas pessoas que eu nem conheço...

    www.descrevendonuvens.com

    ResponderExcluir
  4. menina adorei o post!
    sabia que eu ate vou tentar responder essas questões!
    acho que tenho deixado muita coisa de lado! e realmente preciso mesmo me encontrar!!!!
    amei!!

    bjs

    ResponderExcluir
  5. Me identifiquei?! Sim ou claro?!
    É CLAROOOOO MOUNAMOUR!
    Eu andei me libertando drasticamente de algumas coisas que em nada acrescentavam. E depois me senti mais leve. Eu uso redes sociais agora com maior foco em meu trabalho como jornalista e escritora. E tenho até me saído muito bem com isso, passei até mesmo a buscar alguns cursos online para me ajudar a produzir mais em minha área (já que ainda não consegui retornar a faculdade). Tenho lido muito mais livros e algumas obras que venho querendo ler há muito tempo *-*
    Fui a eventos extra diferentes e que curto muito!
    Também comecei com exercícios para melhorar meu corpo (e venho me sentido muito bem!).
    Ah! Cara, a vida é curta é merece ser vivida da melhor forma possível. E concordo, não devemos nos limitar, mas alcançar e dar o nosso máximo por aquilo que nos faz bem de verdade.

    https://j-informal.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Amo esses posts com o objetivo de nos deixar mais pra cima, sabe? Essa das redes sociais é foda. Baixei até um app pra passar menos tempo no celular e mais tempo vivendo porque olha, tava ficando complicado. A de gostar mais da própria vida é a mais pura verdade, nosso olhar tá sempre focado no outro e quando olhamos pra gente, sempre olhamos de outro jeito, normalmente nos diminuindo, e não tá certo! A de aprontar é maravilhosa, e nem é aprontar, é mais viver, né? Sem medo de ser feliz haha
    Um beijão,
    Gabs | likegabs.blogspot.com ❥

    ResponderExcluir
  7. Ameeeeeeeei as dicas do final, até porque eu escuto muito minhas músicas total guilty pleasure sem medo de julgamento, hahaha.
    E ainda sei os passos dos clipes da Birtney.
    :P
    Muito bom o post e todas as dicas são muito válidas.

    Beijooos

    www.casosacasoselivros.com

    ResponderExcluir
  8. Mas que dicas ótimas! Agora só me falta colocá-las em prática kkkkkk.

    Beijo!
    Cores do Vício

    ResponderExcluir
  9. Boa tarde :)
    Tudo bem?

    Concordo com tudo que foi escrito!
    Principalmente, goste da sua própria vida! A gente vive exaltando fulano e se diminuindo. Parem com isso!

    Beijos e bom final de semana
    www.rimasdopreto.com

    ResponderExcluir
  10. Uau que dicas incríveis!!! A última em si eu tenho praticado muito afinal bandas "banda guilty pleasure" são as que aquecem meu coração e me dão uma nostalgia louca da infância/adolescência. A número 2 eu também tenho praticado nesses últimos dias e com o tempo vou desenvolver melhor isso.

    ResponderExcluir
  11. #1 Excesso é diferente de sucesso.

    Olha o que esse excesso de compromisso faz com a gente não é bom, além de acabar com a saúde. Faz você esquecer muitas coisas, se sentir inadequada e não ter condição de cumprir o prometido. Menos é mais. Mais tempo para fazer o que de fato está EM ALINHAMENTO com os valores que a gente abraça.

    Beijos!




    http://vivendolaforanoseua.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Aqui é a área do BEING YOU e você tá com a palavra, hein? BORA!